Eventuais fontes de poluição levam CDU a questionar Câmara

Segundo nota distribuída à imprensa ontem, 16 de Agosto, a CDU, Coligação Democrática Unitária, dirigiu à Assembleia Municipal, através do seu representantes,  Romão Araújo, um requerimento onde é solicitado à autarquia arcuense o esclarecimento fundamentado sobre questões suscitadas pelo funcionamento do sistema de esgotos das barracas que operaram durante as últimas festas do concelho.

Acompanhado de seis fotografias, este requerimento relembra ter a Câmara Municipal, através de ofício datado de 13 de Abril passado, em resposta a um outro requerimento da CDU, estar a reforçar a fiscalização municipal e policial, visando o controlo de eventuais fontes poluidoras.

“Sistema de “esgotos” das barracas que, no campo do Trasladário, estiveram em funcionamento aquando das festas do concelho deste ano (2018)” CDU. Foto © CDU

Reforçando ainda essas afirmações, a edilidade garantiu estar a trabalhar de forma a erradicar as ligações clandestinas que drenam directamente para os afluentes do rio.

Usando declarações do presidente da Câmara João Manuel Esteves, proferidas durante a última Assembleia Municipal de 29 de Junho, a CDU refere que este autarca tinha afirmado desconhecer a edilidade a existência de qualquer fonte poluidora do rio Vez.

Com base nestes pressupostos a CDU avança com as seguintes indagações ao executivo camarário:

  1. Se serão consideradas clandestinas as ligações que as fotografias apresentadas patenteiam?
  2. Se a Câmara tinha ou não conhecimento da realização dessas ligações?

A CDU termina o seu requerimento questionando a Câmara sobre as medidas que irá tomar diante desta situação.

Recorda-se que esta coligação endereçara, em 30 de Julho, um outro requerimento ao presidente da Assembleia Municipal para que a autarquia se pronunciasse sobre propriedade do ex-vereador do PS Albano Domingues, não tendo obtido até ao momento, segundo fonte daquela estrutura partidária, qualquer resposta.

 

 

Recomendado:

0 comentários