Atacadores Desapertados reúnem-se para concerto único na Romaria de S. Bartolomeu

O punk rock da meia-noite sobe hoje a palco em Ponte da Barca

Gustavo Paredes, João Dantas, Nuno Pinto e Sérgio Oliveira, voltam a reunir-se em palco, três décadas depois da sua primeira actuação. Hoje (19 de Agosto), às 24h, os Atacadores Desapertados sobem ao palco da Praça Terras da Nóbrega, em Ponte da Barca para um concerto vibrante, a fazer lembrar as actuações que marcaram a intensa, apesar de curta, existência da banda.
O concerto insere-se na programação da Romaria de S. Bartolomeu, que decorre de 19 a 24 de Agosto, e tem entrada gratuita.

Originária de Ponte da Barca (onde deram o seu primeiro concerto,a 25 de Março de 1988), a banda Atacadores Desapertados era composta por cinco elementos, ainda adolescentes. Ao fim de duas actuações, Manuel Martins, conhecido por Lito, abandona a banda. O seu pai, Alberto Martins, ensinou os primeiros acordes aos rapazes que, no final dos anos 80, início de 90, produziram duas maquetes com temas inéditos, interpretados em português e registados na Sociedade Portuguesa de Autores.
A gravação dos cerca de 20 temas ficou a cargo da Boom Art, estúdio do também conterrâneo Zézé Fernandes, que também, assumia a gestão da carreira da banda. Cedo deram nas vistas e passaram a fazer parte da cena punk rock nacional, tendo sido banda de culto com bastante presença nas rádios, revistas e jornais alternativos do país.

Recomendado:

0 comentários