CRAV infeliz na deslocação a Évora

CRE 31 CRAV8. O CRAV deslocou-se este sábado a Évora para defrontar a equipa local, o Clube de Rugby de Évora, equipa que militou na divisão de honra na época transata.

Num jogo onde os minhotos conseguiram equilibrar grandes partes do jogo, foram falhas próprias nas fases estáticas e de nas bolas primeira fase que sentenciaram o jogo.

Desde logo falhas na receção do jogo ao pé alentejano. Os minhotos num jogo desastrado de receção do jogo aéreo adversário, concederam posses de bola perigosas para a sua área de validação que o CRE soube aproveitar, principalmente utilizando o seu maul depois de alinhamento.

o CRAV esteve mal nas fases estáticas, principalmente nos alinhamentos, que lhe causou dificuldades de manter a posse de bola no meio campo da equipa da casa quando atacava e resolver em segurança as bolas que saiam no seu meio campo defensivo.

O CRE, sentindo essa dificuldade, apostou num jogo ao pé “bombardeando” o 3 de trás arcuense.

No jogo aberto o CRAV conseguiu equilibrar e muitas vezes se superiorizar à equipa da casa, mas uma tarde desastrada da equipa fazia com que em situações de perigo eminente repetidamente existisse uma falha fizesse gorar os seus intentos.

O resultado final fixou-se nos 31-8, com 14-5 ao intervalo.

No próximo sábado dia 17 de Novembro pelas 15h00 o CRAV recebe, em Arcos de Valdevez, o S.L. Benfica para o campeonato da primeira divisão.

Recomendado:

0 comentários