Furtos na EB 2,3/S de Arcos de Valdevez: Três dos oito menores envolvidos estavam referenciados por consumo de álcool e estupefacientes

O Comando Territorial da GNR de Viana do Castelo, através da Secção de Prevenção Criminal e Policiamento Comunitário de Arcos de Valdevez, identificou ontem (12 de dezembro) oito menores, com idades compreendidas entre os 15 e os 17 anos, por furtos na EB 2,3/S de Arcos de Valdevez.

A investigação da GNR foi efectuada “na sequência de vários furtos ocorridos naquela escola”, permitindo aos militares a recuperação “32 artigos furtados, nomeadamente chocolates, que se encontravam dissimulados dentro de um saco plástico”.

Segundo a GNR, os menores terão perpetrado o assalto em dias diferentes, estando o produto dos roubos avaliado em 1500 euros. “Os suspeitos, durante a noite, introduziam-se nas instalações da escola através de uma janela e furtavam vários géneros alimentares”.

“Entre os menores identificados, verificou-se que três deles já se encontravam referenciados por consumo de álcool e estupefacientes, um dos quais com antecedentes criminais por condução sem habilitação legal e furtos em estabelecimentos comerciais”, notou ainda a GNR.
O caso foi entregue ao Tribunal Judicial de Arcos de Valdevez.

Recomendado:

0 comentários