Festas da Lapa: “Temos procurado que a Procissão seja algo de muito belo”

A Eucaristia em Acção de Graça pelos Emigrantes, às 11 horas do próximo domingo, dia 11 de Agosto (na Igreja da Matriz), inicia um dia de forte componente religiosa no programa das festas concelhias.

As comemorações de cariz religioso têm ainda a Eucaristia em Honra de Nossa Senhora da Lapa, que dá nome às festas, pelas 17 horas, na Igreja da Lapa e a Solene Procissão às 18 horas.
Este ano a procissão tem como convidado o andor de Nossa Senhora dos Remédios, que integrará o momento solene a par dos andores de S. Comba, S. Vicente, S. Paio, S. Bento, Divino Salvador, Nossa Senhora da Porta e Nossa Senhora da Lapa, um total de oito andores naquele que é um dos momentos altos das festividades.

“Alegro-me de saber que realmente temos um ‘palco’ extraordinário, com milhares de actores envolvidos nestas festas, o que muito nos enche de orgulho e eu estou muito contente por estar envolvido um bocadinho nesta dimensão, que é a religiosa”, destacou o Arcipreste de Arcos de Valdevez, padre Aventino de Freitas.

“Temos procurado que a procissão seja algo de muito belo e uma expressão da nossa fé. Quem vê a forma como expressamos a nossa fé não tem dúvidas do que é a nossa cultura, e a nossa cultura religiosa. É muito bom para mim, como responsável da comunidade cristã, ver que há um grande crescer nesta dimensão e a vontade de continuar que a parte religiosa esteja presente nas festas. Procurarei que se mantenha por muitos mais anos”, congratulou ainda o pároco.

Recomendado: