Projeto pioneiro no Mercado Municipal: Iniciativa quer “trazer a economia circular para o mundo real”

Texto e fotos: Margarida Leitão

Foi inaugurado ontem (quarta-feira, 23 de Outubro) no Mercado Municipal de Arcos de Valdevez o projeto “Mercado Circular”. A iniciativa contou com a presença do Presidente da Câmara, João Manuel Esteves, que percorreu o mercado entregando aos comerciantes e clientes os novos sacos reutilizáveis e amigos do ambiente, que vieram para substituir o plástico e transformar este local num mercado circular.

“O projeto resulta de uma candidatura que a Câmara Municipal fez ao Fundo Ambiental, com o objetivo de trazer a economia circular para o mundo real”, explicou o autarca.

De um total de 45 candidaturas foram aprovadas 22 a nível nacional. Todas as candidaturas foram “baseadas numa economia circular”, mas “a nossa é única para nós, está adaptada à nossa realidade”, disse a responsável do “Mercado Circular”, Sónia Falcão.

Foto: Margarida Leitão

Esta operação tem como principais objetivos “reduzir os impactos gerados, particularmente os associados aos resíduos; reduzir o uso de embalagens de plástico na exposição e na comercialização de produtos; gerir bens alimentares excedentes ou em fim de prazo de validade e adotar princípios de sustentabilidade, economia circular, economia de partilha e economia social”.

“Aquilo que pretendemos é: equipar o Mercado Municipal, apoiar os comerciantes, oferecer meios aos clientes e claro promover a economia circular”, revelou o Presidente.

Nesta iniciativa o Mercado Municipal será equipado com ecopontos interiores e exteriores, contentores para óleos alimentares usados e para compostagem. A compostagem destina-se aos jardins das escolas e o transporte será feito através de um triciclo elétrico, contribuindo para uma menor pegada ecológica. Os clientes do mercado serão incentivados ao uso de sacos de pano reutilizáveis e os comerciantes à “desplastificação”, com uso de sacos de papel para a comercialização e cestas de vime e recipientes de metal para a exposição.

Para além dos princípios de sustentabilidade, o projeto pretende promover a responsabilidade social distribuindo os bens alimentares excedentes pelos mais carenciados.

No Natal será feito um sorteio, para premiar os clientes do “Mercado Circular” com carrinhos de compras térmicos. “Será atribuída uma senha que depois entrará no sorteio de Natal, com a atribuição de cerca de 100 carrinhos”, explicou Sónia Falcão.

A câmara de Arcos de Valdevez tenciona também “lançar o foco sobre o mercado”.

“Queremos um Mercado que para além de ter os produtos tradicionais e os produtores locais, tenha inovação”, admitiu o autarca. “A nova entidade publica das águas virá aqui para o Mercado Municipal para lhe dar mais dinamismo, substituímos as bancas dos produtores locais para lhe dar uma nova imagem, estamos a trazer os miúdos, as escolas, e a fazer algumas iniciativas”.

“Há um novo olhar sobre o Mercado Municipal e uma nova abordagem”.

Recomendado: